Muito mais que um prêmio!

Na noite que antecede o Super Bowl, a NFL entrega as premiações da temporada e consagra os melhores atletas por posições. Mas entre as premiações está o “Game Change Award”, onde se reconhece quem contribuiu positivamente para o esporte e para a comunidade.

Shaquem Griffin, nosso linebacker, recebeu essa premiação na noite do dia 02 de fevereiro. E é muito merecido!

Shaquem Griffin possui a síndrome da banda amniótica, uma rara doença que afeta os bebês ainda dentro do útero. Consiste no aprisionamento de partes do feto pelo anéis fibrosos do saco amniótico da gestante. Não existe uma explicação do porquê isso acontecer.

Shaquem teve o desenvolvimento da mão esquerda comprometida e aos 4 anos teve que amputá-la, numa dura decisão dos pais após encontrá-lo na cozinha tentando cortar a própria mão por causa das dores constantes. Entretanto, isso nunca foi um empecilho para o grande sonho do menino Shaquem: jogar football!

Shaquem teve no seu irmão, Shaquill, também jogador do Seahawks, um dos seus grandes motivadores. Ele nunca parou de sonhar e treinar, mesmo sabendo da necessidade de constantemente precisar se superar e mostrar aos outros que ele era capaz.

Os irmãos Griffin receberam bolsas de estudo para a Universidade da Flórida Central, ou UCF, com Shaquill rejeitando propostas de outras universidades, inclusive a dos seus sonhos, a Miami Hurricane, tudo para está ao lado do seu “bro”. Shaquill declarou que só aceitaria jogar se fizessem propostas pelo seu irmão também.

Shaquem teve boas temporadas iniciais, mas sua carreira no college ascendeu com a chegada do Head Coach Scott Frost. Foi o Defensive Player of the Year em 2016 e MVP defensivo do Peach Bowl em 2018. Ele teve números excepcionais, mas sempre o questionavam e o colocavam em cheque sua capacidade por causa da falta da mão esquerda. Foram 18,5 sacks, 3 interceptações e 195 tackles!

Shaquem ficou na UCF por mais uma temporada, enquanto seu irmão foi draftado pelo Seahawks. No NFL Combine 2018 simplesmente detonou. Mais uma vez mostrando que não existia limitações do corpo que o parasse. Quebrou o recorde da corrida de 40 jardas e fez 20 repetições de supino com uma prótese. Esfregou na cara do mundo, e falou em silêncio: “Estou apto, supero limites diariamente e não vou desistir do meu sonho”.

Ficou apto para o draft e foi selecionado pelo Seahawks como uma escolha de 5º rodada. Voltou a se reunir com seu brother.

Em seu discurso na entrega do prêmio, Shaquem sorriu, desabafou e motivou a todos:

“Nada vem fácil, isso é o que meu pai sempre disse para mim e meu irmão. Eu sou verdadeiramente humilde e mostro a honra de estar aqui hoje entre tantas grandes pessoas. Estou honrado de estar aqui entre vocês, porque eu nunca pensei que estaria aqui. Estar em torno de vocês… é incrível! Você cresce como uma criança escutando o que eu não poderia fazer, pode pesar no seu coração. Mas eu tenho família, eu tinha meus irmãos, eu tinha aqueles ao meu redor para manter minha cabeça no lugar, para manter minhas esperanças e agora eu posso realmente dizer que eu sou abençoado e estou honrado de estar na frente de vocês! Eu quero dizer obrigado! Eu quero dizer obrigado ao Seahawks, obrigado a NFL.
E a mensagem que quero deixar hoje é para aqueles que têm sonhos e aspirações de se tornar grandes: Nunca deixem a negatividade ditar quem você vai ser!”

Go Hawks!

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s