Doug Baldwin, o recebedor que mudou a arte do route running, vai deixar saudades!

Bom, há um tempo eu queria escrever um texto sobre a técnica de conseguir separação em corridas. Veio o draft, free agency e o texto acabou ficando para depois, qual foi minha surpresa quando no fim da semana passada, sai a informação que Seattle estava cortando Baldwin, por problemas físicos. Então, tomo a liberdade de fazer uma mistura de análise e de coração de torcedor falando.

A questão física do jogador já vinha sendo colocada em pauta há tempos, teve cirurgia antes da temporada, perdeu jogos na temporada regular por problemas diferentes e no fim da temporada foi encontrado um problema sério de hérnia que colocava em dúvida se ele voltaria a jogar. Até ESTE MOMENTO, não houve um posicionamento oficial, mas acredito que em acordo do clube  e o jogador, fizeram o corte uma vez que o jogador deve se aposentar como Chancellor.

Ontem, em seu twitter, Doug publicou a seguinte mensagem: “Porque o final de uma jornada vê o começo de outra. E adivinha o que … será um inferno de uma jornada. Você sentirá uma dor emocional e física que você nunca soube que existia. Você vai falhar uma e outra vez. Mas não se preocupe, tudo isso será o motivo de você ter sucesso.”

O corte dele e Chancellor não livra o time do cap, porque ainda há pendências, uma vez que há uma espécie de seguro por lesão. No caso de Chancellor, por exemplo, os valores foram divulgados, dead money fica em 10.2M (5.2M de dinheiro garantido e 5M de bônus), liberando apenas 2.3 no salary cap.

VEJA TAMBÉM:

Continue lendo “Doug Baldwin, o recebedor que mudou a arte do route running, vai deixar saudades!”

A extensão de contrato de Russell Wilson

O dia 15 de abril foi um dia cheio de tensão e expectativa para os torcedores do Seahawks, não porque se acreditava cabalmente que Wilson sairia de Seattle, mas pela quantidade de especulações e boatos que acabam girando em torno da extensão do contrato do nosso quarterback.

Em alguns lugares davam como certo a ida de Wilson ao New York Football Giants, já até colocavam uma trade envolvendo os Jets e Giants e colocando o Seattle com a 3º escolha geral do draft.. cara, uma loucura.

Enfim, o Russell Wilson assinou uma extensão de contrato com a franquia e estará conosco, pelo menos, até 2024.

Continue lendo “A extensão de contrato de Russell Wilson”

A voz das mulheres [2] – O reflexo do machismo

Há mais ou menos um mês soltamos uma pesquisa para conhecer e ouvir mais as meninas e mulheres que fazem parte desse universo do futebol americano.

VEJA MAIS: A voz das mulheres

A partir das respostas das girls constatamos alguns contrastes e opiniões que valem a pena serem compartilhadas. Desde já, agradecemos a todas que participaram e colaboraram conosco!

Esse texto tá saindo em comemoração ao mês que se comemora o dia internacional da mulher como uma reflexão necessária para combater os diversos tipos de constrangimentos sofridos pelas mulheres. Aqui não é nosso lugar de fala, os escritores do blog são homens e jamais poderão falar com propriedade sobre o que vocês mulheres sofrem ou passam na pele. Mas é possível trazer a tona uma reflexão sobre o cenário atual da sociedade.

Créditos da imagem: Vavel.com

Continue lendo “A voz das mulheres [2] – O reflexo do machismo”

A experiência de conhecer Russell Wilson

Quando saiu a notícia que Wilson estaria no carnaval do Rio de Janeiro todos os torcedores do Seahawks e da NFL ficaram felizes em ter a possibilidade de ver um campeão do SuperBowl por perto… quando a NFL anunciou que teríamos uma sessão de autógrafos, a euforia foi geral!!

Infelizmente a sessão de autógrafos foi bem restrista, apenas 100 pessoas poderam participar. Ocorreu no Barra Shopping, na loja New Era, no dia 27/02.

Vocês imaginam como deve ser você ter a oportunidade de ver seu grande ídolo, o cara que representa o time que você torce, o cara mais importante da equipe? Algo fora do comum!!

Conversamos com algumas pessoas que conseguiram ter esse momento com o Wilson e Ciara e queremos compartilhar com vocês.

Continue lendo “A experiência de conhecer Russell Wilson”

Conheçam o Sepetiba Captains, time que Wilson visitou no Brasil!

Parece que a cada dia que Wilson e Ciara estão no Brasil uma surpresa agradável vai acontecer e eles vão ser o foco da nossa jornada diária. O casal tem esbanjado alegria e simpatia por onde passam e os relatos são só elogios!

Após a noite de autógrafos no dia 27, nessa quinta feira fomos surpreendidos com um vídeo no instagram de Wilson fazendo uma surpresa a um grupo de jogadores na zona Oeste do Rio de Janeiro. Vejam abaixo:

Continue lendo “Conheçam o Sepetiba Captains, time que Wilson visitou no Brasil!”

Muito mais que um prêmio!

Na noite que antecede o Super Bowl, a NFL entrega as premiações da temporada e consagra os melhores atletas por posições. Mas entre as premiações está o “Game Change Award”, onde se reconhece quem contribuiu positivamente para o esporte e para a comunidade.

Shaquem Griffin, nosso linebacker, recebeu essa premiação na noite do dia 02 de fevereiro. E é muito merecido!

Continue lendo “Muito mais que um prêmio!”

Verdades inconvenientes que ninguém quer ler sobre o fim da temporada

Com a eliminação a caça às bruxas começa, e a mistura da raiva e frustração acabam trazendo julgamentos incorretos. Então aqui vão algumas verdades que ninguém quer ler…

Estabelecer o jogo corrido nunca foi o problema

Muita gente acha que investir no jogo corrido é um pensamento atrasado. Apesar da NFL estar evoluindo e o jogo corrido estar ficando um pouco mais de lado, voltar a estabelecer o jogo corrido foi importante e fundamental para nós esse ano. Saímos de um ano péssimo em que tudo ficou nas costas de Wilson, para ser o time número um no jogo corrido. O que essa mudança ocasionou? Diminuímos a quantidade de sacks em Wilson em relação ao ano passado (mantendo ele mais longe da morte eminente), e essa abordagem encaixou bem com os jogadores que tínhamos a disposição. Fluker e Sweezy vieram da free agency e tinham como principal força o jogo corrido, além disso, Ifedi foi um jogador que apareceu muito mais esse ano, quando sua capacidade física foi mais utilizada em detrimento do seu processamento de jogo, e dessa forma saiu de um jogador que só tinha partidas ruins para um jogador que teve seus bons momentos esse ano. Continue lendo “Verdades inconvenientes que ninguém quer ler sobre o fim da temporada”